A PÓS-MENOPAUSA

A pós-menopausa é um conceito criado mais recentemente. A expectativa de vida aumentou. Hoje, no Brasil ela é de 74 anos. Em dez anos, a expectativa aumentou em 6,6 anos para mulheres e para 5,8 anos para homens.

A pós-menopausa é marcada pelo cuidado com patologias que podem aparecer já na terceira idade. A mulher, nessa fase, merece um atendimento especial, pois a pós-menopausa é associada a sintomas mais genitais.

Diminuição da libido e secura vaginal são sintomas dessa fase, mas, diferente do climatério, não devem ser tratados com reposição hormonal de forma sistêmica, via oral ou injetadas.

Na pré-menopausa, o risco de alguns tipos de câncer aumenta e a reposição sistêmica pode trazer mais problemas do que soluções. O ideal é o que chamamos de reposição hormonal.

Ter um clínico especializado em geriatria acompanhando a qualidade de vida é tão necessário quanto consultar o ginecologista uma vez ao ano na pós-menopausa. Alterações neurológicas, prevalência de problemas cardíacos e risco de câncer devem ser acompanhados pelos dois especialistas. Nódulos na mama ou na tireoide, hipertensão, manchas na pele e sangramento vaginal devem servir de alerta nessa fase.

A qualidade de vida na pós-menopausa pode ser muito maior do que em outras fases, desde que a mulher mantenha uma vida saudável.

AUMENTO DE PESO

Como as mulheres produzem menos estrogênio depois da menopausa, o corpo pode estar sujeito a mudanças na forma como armazena gordura. É possível que na fase pós-menopausa apareçam alguns excessos em locais como o abdómen e as ancas. Essas gorduras localizadas dificilmente trazem algum malefício para saúde, mas será difícil livrar-se delas.

MUDANÇAS NOS SEIOS

Pode ser que o sutiã já não vista tão bem no período pós-menopausa. Os seios podem mudar de tamanho, podem ficar menos firmes ou até mesmo encolher. É muito comum que as mulheres sintam necessidade de comprar sutiãs mais pequenos no pós-menopausa.

PERDA ÓSSEA

O estrogênio, largamente produzido durante os anos férteis da maioria das mulheres, é essencial para manter os ossos fortes e em bom estado. Porém, por volta dos 35 anos, as mulheres começam a apresentar uma diminuição da densidade óssea. Este processo acontece mais rapidamente durante a menopausa e tem o seu ápice mais ou menos um ano após o último período menstrual.

É importante que seja feito um acompanhamento médico para verificar a necessidade de suplementação de cálcio, pois ossos mais fracos quebram com mais facilidade e apresentam mais dificuldades em recuperar.

MUDANÇAS NO FORMATO DO CORPO

Independentemente do formato do corpo na juventude, no pós-menopausa, provavelmente, este ficará mais redondo. Salvo algumas exceções (relacionadas com a genética), o mais provável é que a cintura e as ancas alarguem um pouco e que as formas do corpo fiquem menos sinuosas.

MENOS HIDRATAÇÃO E LUBRIFICAÇÃO

Pele, cabelo, olhos, boca e vagina: todas estas partes do corpo irão precisar de mais hidratação e lubrificação quando a menopausa acabar.

No que diz respeito à vida sexual, um pequeno lembrete: é possível ser feliz também nesse aspeto. Muitas mulheres fazem terapia hormonal, usam lubrificantes e relatam uma vida sexual mais feliz e mais livre simplesmente por não terem a preocupação de engravidar.

ALTERAÇÕES DE HUMOR

As oscilações de humor podem ocorrer por dois motivos: desequilíbrio hormonal e/ou dificuldade em adaptar-se a uma nova realidade. Caso esteja a passar pelo segundo caso, ou conheça alguém que esteja, considere procurar um aconselhamento terapêutico para poder lidar melhor com tantas mudanças.

Horários de Funcionamento

Botafogo

Seg e Qua: 12:30 - 18:00

Tel: (21) 3239-5000 / 

2537-6838

Entre em contato para mais informações. 

Preencha os campos com seu nome, e-mail e a mensagem desejada.

Seguir

  • Doctoralia page
  • YouTube ícone social
  • Facebook page
  • Instagram ícone social

© 2018 por Robson Moraes